Nesse dia de pauta para o jornal Notícias do Dia fui cobrir o desafio de duplas na praia Brava em Florianópolis. O dia como dá para ver nas fotos estava muito quente e contou com grandes nomes do surf nacional das anntigas, como Neno Heleodoro.

Neno Heleodoro,, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

Neno Heleodoro,, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

Marco Polo, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

Marco Polo, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

surf, calor, esporte, verão sol, temporada

Pedroca de Castro, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

Pedroca de Castro, surf, calor, esporte, verão sol, temporada

 

Texto Rafael Thomé

link: http://ndonline.com.br/florianopolis/esportes/297367-resgate-dos-primordios-do-surfe-em-floripa.html

Nas caixas de som posicionadas na areia da praia, o rock setentista da banda “Casa das Máquinas” dava o tom do (re)encontro de Pedroca de Castro, Bita Pereira, Bilo Wetter, David Husadel, Roberto Lima, Marreco, Cachito e tantos outros que desbravaram as ondas da Joaquina. “Reencontrar os amigos, toda essa galera dos anos 1970 lá da Joaca… O valor é inestimável”, disse Pedroca.

Para o surfista, o tempo mudou o esporte, mas não seus valores. “Antigamente tinha um glamour que ainda sobrevive, mas o soul surf era mais presente. Hoje, as tecnologias e a popularização tiraram um pouco da alma, mas o surfe continua muito vivo”, afirmou.

Para Marco Polo, ex-integrante do circuito mundial, um dos problemas que as novas tecnologias ocasionaram foi a falta de interesse pelos campeonatos locais. “O mundo competitivo está muito chato. O pessoal só assiste campeonato pela internet, ninguém mais prestigia os eventos nas praias. O surfe competitivo precisa continuar existindo, mas precisamos de mais campeonatos de confraternização”, disse.

O “Desafio de Duplas” marcou, justamente, essa confraternização e teve também a presença de músicos, como Moriel Costa, do Dazaranha, e Colby Lee Huston. O campeonato ainda contou com uma bateria de pais e filhos.

Atento às novas gerações, o surfista das antigas Neno Heleodoro afirma que os irmãos Vinicius e Leonardo Barcelos, de Imbituba, por exemplo, vão chamar a atenção nos próximos anos, mas que é preciso dar valor a quem já fez muito pelo esporte. “Resgatar essas histórias é mostrar para as novas gerações quem trouxe o surfe para cá e como ele evoluiu. Não podemos deixar isso cair no esquecimento”, encerrou.

Rip Curl Grom Search 2016

Enquanto a galera das antigas confraternizava na Brava, os expoentes da nova geração do surfe mostravam todo seu repertório nas ondas da praia da Ferrugem, em Garopaba, no Rip Curl Grom Search 2016. O torneio voltado para atletas de até 16 anos é uma das três etapas que garantem vaga na disputa do campeonato mundial da categoria, em 2017.

Na principal categoria (mirim), destaque para o catarinense Leonardo Barcelos. Natural de Imbituba, o garoto já havia vencido na categoria iniciante (até 14 anos) em 2015, e agora conquistou o lugar mais alto do pódio no evento principal. Depois de vencer o irmão Vinicius, no segundo round, Barcelos teve dificuldades nas fases seguintes, mas conseguiu chegar à final e levar o caneco com o somatório de 12,50 pontos. Em segundo lugar ficou o paulista Eduardo Motta, seguido pelo paranaense Fabio Martins Silva e pelo catarinense Matheus Herdy.

Na categoria feminina, vitória da carioca Carolina Miranda. A paulista Louisie Frumento ficou em segundo lugar, seguida pela catarinense Manuela Pacheco e pela carioca Maju Freitas. Na categoria iniciante, vitória do paulista Daniel Adisaka. Na categoria grommet (até 12 anos), vitória do paulista Rodrigo Saldanha.